30
jan
2013
O COMEÇO DE UMA INESPERADA VIAGEM.SIX MONTHS – ENGLAND
Postado por: | Categorias: Viagem

Tudo começa quando resolvo abandonar tudo e decidi!
Vou estudar inglês na Inglaterra, preciso me aperfeiçoar, melhorar como profissional de Comércio Exterior. Trabalho a 7 anos com isso e não posso mais me limitar por conta da fluência no inglês e aqui não vou conseguir com a agilidade que preciso, e não demorou nada, em ##1## mês arrumei minhas malinhas.

Passaporte — ok
Cartão Internacional—-ok
Passagem ida e volta—ok
Acomodação—ok
Carta da Escola—ok

Documentos de que tenho condições de viver em outro país e que vou voltar para o Brasil.

Clothes, pensei pequeno!

Ah eu na Ingletarra!
Bom quando cheguei  aqui não tinha a menor idéia de como sobreviver num lugar tão frio, dai você pensa muito frio.
Pensei, uma bota de neve,  um casaco de frio e minhas botas brasileiras, meia de lã, algumas blusinhas de lã são o suficiente para que tudo de certo na minha vida, ah está bem!

f1

f2

Preparei minhas malinhas e vim. Primeira semana ótimo! Segunda semana sobrevivi, 1 mês, 2 meses e estou quase no 3 mês  *fizumguardaroupanovo*#

Primeira barreira: a alfândega. Ah que vontade de chorar, eu não sabia nada em Inglês, só um pouquinho suficiente para ele me entender e deixar eu entrar ##Uffa## passei e que medo!

Ok!
Dia 11 de novembro de 2012 entrei nesta “terra do nunca”. Me expondo um pouco mais posso descrever este momento com muita clareza, foi a melhor sensação que já senti na minha vida.
Liberdade esta é a palavra!
Sabe aquela famosa frase: Eu posso, eu faço, eu consigo? É isso!

Só não imaginava que era o lugar mais caro do mundo “LIBRAS”, nunca esqueça disso é muito caro, tudo que você come, bebe, se pensar em gastar, pode multiplicar por 4.

Primeiro dia de aula foi legal, tudo novo, o que eu assustei foi que não tinha brasileiros na escola. Como assim? É, aqui não é muito comum. É uma cidade pequena e os brasileiros gostam de agito e não vão encontrar agito em Ramsgate – England.

f3

Como todo “bixo” precisava conhecer e me identificar, mas e ai? Não entendia nada, a pronuncia é completamente diferente do inglês americano que estamos acostumados a ouvir e aprender. Enfim, mas o importante é não se desesperar manter a calma e equilíbrio “ouça” ok. Sempre ficava falando isso para mim mesma, eu já sabia que seria difícil.

Foi quando encontrei uma brasileira a “Lizandra” que mora no Sul – Florianópolis e estudante de Engenharia.
Quando nos vimos nos abraçamos, era como se eu tivesse encontrado minha melhor amiga, foi a segunda melhor sensação boa que eu senti aqui.

f4
Minha Aventura, ou como queira chamar, posso te garantir que está sendo muito, mas muito bom. Cheia de amigos, lugares, experiências, culturas  com barreiras e dificuldade com o aprendizado.
É como se você estivesse aprendendo a ler e escrever novamente. Mas tudo é válido.

Minha primeira aquisição: paguei **12 Libras** promoção rs, bota de chuva que recomendo, mas tem que usar com muita meia porque ela é bem gelada!
Impressionante, mas aqui ainda não encontrei algo que seja tudo, não molhe, seja quente e confortável…

f5