1
mai
2013
O estilista Vitorino Campos
Postado por: | Categorias: Dicas

Em meio as linhas industriais da fabrica de uniforme de sua mãe e a simplicidade e sofisticação de um ateliê de sua tia. Assim cresceu Vitorino Campos, estilista baiano, já conhecido nas semanas de moda do Brasil.
Entrou para o SPFW em 2012, mas sua trajetória começou de berço.

Vitonirno Campos

Vitorino Campos em seu ateliê ©Lucas Assis e Paula Reis

Suas criações iniciaram aos 12 anos, estampando as t-shirts da loja de sua mãe. Aos 16 anos teve sua primeira loja Tap Rumbeira, que serviu de laboratório para a Vitorino Campos.
Aos 19 anos entrou para a faculdade e antes mesmo de se formar, criou a sua primeira coleção nascendo assim a marca Vitorino Campos, em 2008 começou a brilhar com essa coleção no Barra Fashion, em Salvador; em 2009 apresentou no Rio Moda Hype; em 2010 e 2011, no Dragão Fashion, em Fortaleza, e, em 2012, chegou ao SPFW.

Vitorino Campos primavera-verão 2013

Coleção de Primavera/Verão 2013 de Vitorino Campos, a primeira apresentada por ele no SPFW ©Ag. Fotosite

O processo criativo do estilista se resume em diversas anotações sobre o seu universo e vida pessoal, misturando riscos e música para mesclar os estilos com seus traços. “A música se torna a base do desenvolvimento da coleção, incluindo da cartela de cores”.
As inspirações de Vitorino Campos faz um mix de brasilidade e de essência principal do mundo a fora: no cinema, Almodóvar; no balé, Pina Bausch; na música, Meredith Monk, Maria Betânia, Caetano Veloso, Marisa Monte e Nana Caymmi. Clarice Lispector, na literatura. Na moda, Rei Kawakubo e Jil Sander.

Vitorino Campos primavera-verão 2014

Coleção de Outono/Inverno 2013 de Vitorino Campos ©Zé Takahashi/Ag. Fotosite

As peças do estilista do “novo mundo fashion” podem ser encontradas em 35 pontos de venda no Brasil. As principais [multimarcas] são a Dona Santa, em Recife; a Ana Paula, em Brasília; em Salvador, na Paradoxus e na Martha Paiva; e na Alberta, no Rio de Janeiro. Em São Paulo, na Choix, Lita Mortari e na Claudete e Deca.

Fonte: FFW