11
mai
2014
Ser mãe e ser mulher
Postado por: | Categorias: Eventos

mae

Eu nunca pensei que não seria fácil!
E também esqueceram de me dizer que seria. Mas a luta é constante e o aprendizado é diário.
Foi assim a mais de 6 anos atrás e depois a mais de 3 anos.
Tive que aprender a sentir que eu não poderia mais morrer, pelo menos por enquanto.
Tive que aprender a amamentar, a amar incondicionalmente, mas também a ficar brava quando preciso.
Tive que esquecer de dormir.
Observar e ver que elas são meus espelhos, uma hora na aparência outrora nos trejeitos.
Como é difícil ser mãe, abrir mão de si mesma para não deixar parar a vida de outro ser que precisa de você para ensinar a viver nesse mundo.
Mas grande é o prazer de ver que um pedaço e no meu caso, dois pedaços meus estão no mundo.
Posso não ser a melhor mãe do mundo, a mais boazinha, a menos enérgica. Mas sou sim a mais dedicada.
Que lutou constantemente e diariamente contra todos os sentimentos dentro de mim, que não me disseram claramente que me tornei mulher.
Lá atrás minha própria mãe esqueceu de me dizer que seria difícil. E sabe por que?
O amor incondicional não deixa, ele te faz esquecer todo sacrifício do mundo.

Feliz dia das mães, para mim, para vocês, para minha sogra e para a minha mãe que lutaram contra todos esses sentimentos, mesmo que pela segunda vez, pois ser mãe sempre será uma experiência única.

Esse texto é uma homenagem de Elisa Castilho para todas as mães que tiveram que aprender muito com a vida.
Ser mãe é doar sua alma!