7
jan
2015
Miss Indaiatuba passa por capacitação do Programa Viver da Prefeitura Municipal
Postado por: | Categorias: Concursos, Solidariedade

.

DSC04342Concurso apoia causas sociais e o desenvolvimento humano

O concurso Miss Indaiatuba 2015 foi lançado em dezembro do último ano trazendo como novidades a nova organização da Loggar Entretenimento e o envolvimento com causas sociais em evidência na cidade.

Foram selecionados três ações principais: Projeto K-Life de orientação a adolescentes, Combate aos Maus Tratos aos Animais e o Programa Viver da Prefeitura Municipal de Indaiatuba, que une diversas frentes de trabalho no combate às causas relacionadas ao consumo de drogas.

Durante a tarde desta terça feira, 6, Ester Coutinho eleita Miss Indaiatuba em 2014, participou da primeira etapa da capacitação no Programa Viver, onde conheceu as etapas de trabalho, metodologias e a integração de diversos trabalhos no combate às principais causas sociais no consumo de drogas.

O primeiro contato da Miss Indaiatuba com o Programa Viver aconteceu na Secretaria de Desenvolvimento com a coordenadora do programa Kelly Pazini. “Como estudante de psicologia me sinto muito à vontade com o tema, é algo que melhora a sociedade e a integração de secretarias e esforços que a Prefeitura organizou no Programa Viver são sensacionais para a melhora do indivíduo com problemas e toda a comunidade que o rodeia”, comenta Ester Coutinho.

DSC04323

DSC04355

O programa multidisciplinar é ao mesmo tempo simples, inovador e de grande eficácia, que organiza as iniciativas existentes na comunidade. As ações deixam de ser isoladas. Para toda essa coordenação foi criada a Central de Risco, composta por funcionários qualificados e um software de última geração. Assim que recebe a indicação de uma pessoa vulnerável, ela envia uma equipe treinada do Cras (Centro de Referência de Assistência Social) para referenciar e acolher a família.

Com todos os dados em mãos, os profissionais traçam um Plano de Atendimento específico levando em conta o local da residência e projetos existentes no banco de dados. Essa pessoa é convidada a participar desse Plano. Mensalmente ela é acompanhada para avaliação, revisão e alterações no programa, até seu desligamento ou necessidade de outras intervenções.

O Programa Viver foi estruturado sobre cinco premissas básicas: proteger crianças e adolescentes que não estão envolvidos com as drogas; recuperar os iniciantes, que devem ser reintegrados à vida produtiva e saudável; trabalhar a drogatização considerando a necessidade de recuperar dependentes químicos como missão da sociedade; combater com ações permanentes e enérgicas o traficante e o fornecedor de entorpecentes. O sucesso do programa está diretamente vinculado à participação de toda a sociedade.

“Estamos com crescimento bastante significativo em nove meses de trabalho, o número de atendidos tem crescido e cada vez mais empresas privadas, ONGs e organizações estão se integrando ao Programa.”, ressalta Kelly Pazini.

A Miss Indaiatuba, está com visita agendada para conhecer os atendidos e os centros de auxílio aos atingidos pelas drogas, onde poderá conhecer de perto as ações do Programa Viver.





8
dez
2014
Árvore Solidária do Shopping Valinhos vai ajudar 242 crianças carentes
Postado por: | Categorias: Solidariedade

.

.

Envelopes, com nome e idade dos participantes, ainda podem ser retirados no cenário onde fica o Papai Noel

ArvoreSolidaria1-baixa

O Shopping Valinhos está promovendo mais uma edição da Árvore Solidária e conta com a participação da população para transformar o Natal de dezenas de famílias carentes da cidade. O projeto, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, tem como objetivo presentear crianças que, muitas vezes, dependem deste tipo de ação para ganhar um presente de Natal. É muito simples adotar uma cartinha: basta escolher um – ou mais – dos 242 envelopes, comprar o presente e entregá-lo no shopping, com o nome da criança, até o dia 17 de dezembro. Não há valores estipulados e nem o que as crianças querem ganhar. A pessoa que quiser participar pode escolher o que vai comprar.

A árvore com os envelopes, divididos em azul (menino) e rosa (menina), está localizada no 2º piso do Shopping Valinhos, ao lado do Papai Noel. No envelope, há o nome e a idade da criança. “Esta é a segunda vez que promovemos a Árvore Solidária. No ano passado, todas as crianças foram adotadas. E temos certeza que vamos conseguir isso novamente. A população de Valinhos é muito solidária e se envolve em projetos como este. É muito gratificante fazer isso. Até nossos colaboradores adotam envelopes”, explica o Superintendente do Shopping Valinhos, Felipe Silva.

De acordo com a diretora do Fundo Social de Solidariedade, Marilene dos Santos, a pessoa que adotar o envelope pode comprar o que quiser, mas ressalta que a criança gosta mesmo de ganhar brinquedos. “Nós queremos realizar o sonho dessas crianças, que são de famílias em situação de vulnerabilidade”, diz.

A família de Andréia da Silva Gomes Lourenço está entre as selecionadas pelo Fundo de Solidariedade. Separada, mãe de Mikaela, de 11 anos, e de Matheus, de quatro, ela não conseguirá presentear os filhos no Natal. “Eu não posso tirar da comida para comprar outras coisas”, afirma.  Andréia ganha a vida se dividindo entre dois trabalhos: faxina e colheita de goiaba. Sua renda mensal varia entre R$ 400 e R$ 450, além da pensão do ex-marido, que chega R$ 300, no máximo. “Com a seca, colhemos muito pouco. Eu não tenho condições de comprar roupa e nem brinquedo”, conta.

Como Andréia, a mãe dos gêmeos Pierre de Mirela, de 1 ano e três meses, Maria José Cândido dos Santos, depende do projeto para que os filhos possam ser presenteados. Desempregada, ela mora de favor na casa do irmão, que a ajuda a sustentar os filhos. O pai das crianças mora na Bahia e, até o momento, não colabora financeiramente. “As pessoas nos ajudam, doam as coisas pra gente. Eu não tenho condição nenhuma de comprar presente”, diz.

Na casa de Liliane Silva da Rocha, a situação é um pouco melhor, mas ainda há muitas dificuldades. Mãe do Matheus, de sete anos, e da Laila, de cinco, ela voltou a trabalhar este ano. Como o marido, também faz serviços gerais. “Mas temos muitas coisas para pagar neste fim de ano. Eu não tenho condições de comprar presentes para eles”, comenta.

“O projeto da Árvore Solidária é importante porque ajuda pessoas que realmente precisam. São famílias já atendidas pelo Fundo Social de Solidariedade, comprovadamente de baixa renda. Algumas delas, sem renda nenhuma. Por isso, queremos envolver os moradores de Valinhos e da região para que essas crianças tenham um Natal mais feliz”, finaliza o Superintendente do Shopping.

Os presentes serão entregues às crianças no dia 20 de dezembro, no recinto da Festa do Figo. As famílias que não puderem comparecer vão receber em casa.

Serviço:
Árvore Solidária do Shopping Valinhos
Até 17 de dezembro
Envelopes disponíveis no 2º piso do shopping

Shopping Valinhos:
Administrado pela REP (Real Estate Partners), o Shopping Valinhos foi inaugurado em 2007 e é o único shopping da cidade. Pioneiro no ramo, mantém em funcionamento lojas nos segmentos de vestuário feminino, masculino e infantil, supermercado, doceria, restaurante, academia, farmácia, joalheria, perfumaria, agência de turismo, calçados, cabeleireiro, laboratório, cafés, SPA, agências bancárias e cinema.

Informações para a imprensa
Shopping Valinhos – ImPauta Comunicação
Jornalista Responsável: Patrícia Capovilla
patricia.capovilla@impauta.com.br
Telefone (19) 99284-1970